Como Montar Um BlogTemas Responsivos: O Que É, Exemplos

27 Nov 2018 03:48
Tags

Back to list of posts

mobile_social_network_diagram.jpg

<h1>Como Fazer Um Site Gratis No Google (passo-a-passo)</h1>

<p>Visualizar as not&iacute;cias - e compreend&ecirc;-las - &eacute; fundamental para as pessoas que vai prestar o vestibular. Encontre nesse lugar resumos semanais e an&aacute;lises dos acontecimentos mais significativas da semana. Em dezembro, a aprova&ccedil;&atilde;o de um pacote anticorrup&ccedil;&atilde;o na C&acirc;mara dos Deputados, gerou gigantesco repercuss&atilde;o, principalmente devido &agrave;s altera&ccedil;&otilde;es que os deputados fizeram no texto original divulgado pelo Minist&eacute;rio P&uacute;blico.</p>

<p>A mais pol&ecirc;mica diz respeito &agrave; hip&oacute;tese de puni&ccedil;&otilde;es a magistrados, procuradores e promotores por abuso de autoridade. Pra membros do Poder Judici&aacute;rio, a medida tomada pelos deputados visa a amedrontar a Opera&ccedil;&atilde;o Lava Jato e a salvar os pol&iacute;ticos envolvidos em esquemas de corrup&ccedil;&atilde;o. Desde o in&iacute;cio da Lava Jato, em 2014, a corrup&ccedil;&atilde;o passou a ser uma presen&ccedil;a ainda mais permanente no notici&aacute;rio pol&iacute;tico brasileiro. A opera&ccedil;&atilde;o deflagrada na Pol&iacute;cia Federal investiga um imenso esquema de lavagem e desvio de dinheiro da Petrobras, que envolve executivos da estatal, grandes empreiteiras e pol&iacute;ticos de grande escal&atilde;o. Propriamente por estar no centro do debate nacional, a corrup&ccedil;&atilde;o &eacute; um conte&uacute;do com enorme possibilidade de ser cobrado nas d&uacute;vidas dos vestibulares e na reda&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Em vista disso, &eacute; fundamental que voc&ecirc; empreenda por que essa pr&aacute;tica localiza-se disseminada pela esfera p&uacute;blica. Em pol&iacute;tica, de modo geral, corrup&ccedil;&atilde;o &eacute; o feito de trocar um tipo de vantagem (pol&iacute;tica, financeira, de informa&ccedil;&otilde;es) por meios ilegais ou il&iacute;citos como, tais como, dar ou ganhar dinheiro ou presentes em troca de algum privil&eacute;gio.</p>
<ul>

<li>Nove VisualEditor available on Internet Explorer 11</li>

<li>Pesquisar o nicho de mercado sobre o qual ir&aacute; digitar</li>

<li>Hello Bar WordPress Plugin</li>

<li>TEXTO COM Link LIGANDO A OUTRO Artigo</li>

</ul>

<p>A corrup&ccedil;&atilde;o no Brasil n&atilde;o &eacute; novidade, nem sequer come&ccedil;ou no atual governo. Em algumas express&otilde;es, as empresas passaram a pagar para servidores p&uacute;blicos destinarem a elas os melhores contratos. Este valor era acrescido ao custo do servi&ccedil;o. Ou seja, o dinheiro do Estado era usado pra manter a roda da corrup&ccedil;&atilde;o, o tal exerc&iacute;cio de recursos p&uacute;blicos em benef&iacute;cio de indiv&iacute;duos.</p>

<p>Esse &eacute; o paradigma essencial da corrup&ccedil;&atilde;o dos dias de hoje, desde as pequenas compras nas prefeituras do interior, at&eacute; as licita&ccedil;&otilde;es biliard&aacute;rias de minist&eacute;rios e estatais, como no caso da Lava Jato. Entra em cena, desse modo, o clientelismo, com o emprego dos recursos do Estado para beneficiar aliados atrav&eacute;s de obras ou nomea&ccedil;&otilde;es.</p>

<p>H&aacute; milhares de cargos pela m&aacute;quina federal pra ser preenchidos pelo Executivo, o que &eacute; um prato cheio para a barganha pol&iacute;tica. Caciques partid&aacute;rios e parlamentares conseguem apontar parentes e apadrinhados pra estas fun&ccedil;&otilde;es - diversas vezes s&atilde;o pessoas que n&atilde;o t&ecirc;m a compet&ecirc;ncia t&eacute;cnica pra exercer o cargo ou, em alguns casos, nem ao menos trabalha.</p>

<p>Essas nomea&ccedil;&otilde;es suspeitas por si s&oacute; n&atilde;o configuram crime, entretanto criam um recinto prop&iacute;cio pra corrup&ccedil;&atilde;o. Outra irregularidade bastante comum no estado &eacute; o caixa 2, a acumula&ccedil;&atilde;o de recursos ilegais pra financiar campanhas eleitorais. Normalmente, o esquema &eacute; operado da seguinte forma: organiza&ccedil;&otilde;es superfaturam servi&ccedil;os que prestam ao governo e dividem o excedente com participantes dos partidos pol&iacute;ticos. Assim como podem fazer o contr&aacute;rio: doar grandes quantias ilegalmente pra um candidato esperando cobrar vantagens se ele for eleito. Essas vantagens vir&atilde;o na maneira de vit&oacute;rias em licita&ccedil;&otilde;es dirigidas ou pagamentos de obras e servi&ccedil;os em valores superiores ao valor honrado.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License